segunda-feira, 27 de abril de 2009

1151. UM SANTO EM TOMAR (8)

A capela de S. Lourenço foi edificada no primeiro quartel de quinhentos por Aires Quental, fidalgo de ferrarias da zona. Tem alpendre, galilé e altar-mor de azulejos hispano-árabes da época, azulejos tipo "enxaquetado" e "mudéjares", do séc. XVI. Está localizada na Estrada Nacional 110, à entrada de Tomar, na freguesia de Santa Maria dos Olivais e é Monumento Nacional, classificado pelos Decretos de 16.06.1910 e Decreto Nº 7621 de 29.07.1921. Foi no dia de S. Lourenço que D. Nuno e D. João uniram neste local as suas tropas para irem garantir a independencia de Portugal nos campos de Aljubarrota.

2 comentários:

Hugo Cristóvão disse...

Salto já a parte de parabéns pelo que se vai fazendo aqui pelo blogue, porque é redundante de tão óbvio. Sempre que posso passo por cá para passar os olhos no que se vai fazendo e dizendo.
Ao fazê-lo agora, devo chamar a atenção para o lapso (a não ser que esteja eu muito enganado) de que a capela não está na freguesia de Santa Maria dos Olivais, mas na de São João.

Continuação de bom trabalho.

Anónimo disse...

Caro Hugo,

Muito obrigado pelas suas palavras. Quanto à freguesia e na falata de informação nos sítios oficiais, aliás bastantes pobres de informação, encontrei-a aqui:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Santa_Maria_dos_Olivais_(Tomar).

Bom trabalho para si também algures por aí.

Nabantia