quinta-feira, 5 de novembro de 2009

1941. DIAS

Dias de Miséria, onde cheguei através do Luís Ribeiro. Já passei por situações idênticas. E basta que se saiba disso. Superei. Fui buscar força em sítios que já nem sei onde ficam. Lutei. Custou. Doeu. Consegui. E depois veio mais outra. Luto. Custa. Dói. Vou conseguir. E pela vida é que vamos. Os dias expulsarão a miséria.

2 comentários:

Xao Xen Dai disse...

Obrigado.
São um bálsamo essas palavras.
Agora vou ao blogue do Luís.

Isabel Miliciano disse...

"Os dias expulsarão a miséria". Gosto!
A verdadeira miséria só existe quando deixamos de ter alguém com quem partilhar uma tigela de sopa ou umas lágrimas que teimam saltar.

Posso partilhar a minha sopa!

Isabel Miliciano