quarta-feira, 5 de agosto de 2009

1551. O IMPAGÁVEL VICENTE

Luís Vicente já tinha causado boa impressão quando disse que as listas do PSD em Tomar não estavam escolhidas, quando já todos sabiam quem eram os candidatos. Agora transcendeu-se: para mostrar serviço a Miguel Relvas, disse que Pacheco Pereira nada diz ao distrito. Ignoramos como se pode "falar" com o distrito. Mas em todo o caso, para Vicente, a Marmeleira, Rio Maior, não têm nada a ver com o distrito. Terão a ver com Faro? Ou com Viana do Castelo? Eis Vicente, no seu máximo esplendor, exibindo todo um compêndio da geografia desconhecida deste nosso Portugal...

2 comentários:

Anónimo disse...

E qual o grau de risco para a Democracia ter dirigentes que não suportam o mau cheiro das bases, acham a vida do Partido uma chatisse e só querem aparecer na TV para ganharem protagonismo, posicionarem-se para deputado e difamar qualquer adversário?

Isto depois de já terem sido candidatos derrotados a autarquias?

Isto depois de já terem tido outros “ideais” como passagem pela UDP ou quejandos?

Isto depois de já terem feito carreiras académicas, com o apoio de correligionários partidários?

Tão tristes que mais parecem marqueses de Pombal, afectados na sua realeza e incompreendidos pela arraia miúda?

JPP é o lastro cimeiro de uma Democracia que tem as bases doentes.

Mas é lastro! Nem sequer lustroso.

Mas lá conseguiu, ao fim de muitas horas de SIC era deputado por Santarém.

A Nélinha paga e cala-o…!

E o Miguel fica a chuchar no dedo.

ACR de Santa Cita disse...

Desculpe a intrusão.
Só para informar que o blogue de apoio à divulgação das festas de Santa Cita já está online.
Festas da ACR de Santa Cita