sábado, 4 de outubro de 2008

507. ASSIM SE VÊ...

... a utilidade do IPT. As descargas eléctricas foram a forma encontrada para afastar os pombos da estátua erguida em memória dos mortos da primeira Grande Guerra, no Jardim da República, em Abrantes, em Agosto 2007. O dispositivo, composto por um aparelho condutor de energia de baixa tensão através de fios de aço extremamente finos, praticamente invisíveis, foi mandado colocar pelo núcleo de Abrantes da Liga dos Combatentes, no âmbito do projecto de recuperação do monumento, por parte do departamento de restauro do Instituto Politécnico de Tomar.

Fonte: O Mirante.

1 comentário:

Luís Ribeiro disse...

Boa Noite!

Já que fala nos pombos sugeria uma visita ao edifício do Tribunal de Tomar. É um autêntico pombal.

Continuação de bom trabalho e bom fim de semana!